O Isqueiro

O Isqueiro

O Isqueiro

Tarciso Paniago


Eram muito unidos. Fumavam juntos.
Um dia compraram um isqueiro que durava para sempre. Para sempre! Tinha
garantia eterna.
Fumavam juntos. Fumavam e era tão bom…
Um dia ele teve um problema nos pulmões. Parou de fumar. Ela parou de
fumar junto. Mas aí sem a brasa e sem a fumaça, sem o isqueiro!, foi
esfriando…
Separaram-se.
Ela voltou a fumar. E não soube se ele voltou.
Um dia soube que a doença nos pulmões acabara matando-o. Ele foi enterrado
com o isqueiro no bolso.
Ela não soube se ele fumava escondido. E nem que ele a amava escondido.
Sobre o Autor:
Tarcísio Paniago
Nasceu em 1985, é brasileiro e estuda Artes Visuais na Universidade de
Brasília.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s