Um Cara

05

Um Cara

Thiago Camargo Conceição

Nariz, olhos, orelhas e boca. Só mais um cara que cheira, vê, ouve e come. Mais uma sombra nas esquinas, um pensamento sobre política, uma posição religiosa, um gosto musical, um hábito alimentar.

Não importa o quanto meu ego diga que sou diferente ou especial. Pensar assim só me faria ainda mais comum. Faria parte dos bilhões de habitantes que todos os dias acordam e se enganam, pensando que algo o fará diferente de todos.

Eu não me engano. Minha anatomia não me engana. Eu sou feito de carne e osso. Sinto dor. Não sou melhor – nem pior – que ninguém. Tenho decepções e às vezes sou o mais imbecil dos seres humanos. Sou capaz de manias irracionais e cismas que somente se justificam na minha mente desconjuntada. Tenho desejos incontroláveis e impulsos dos quais resultam consequências que me fazem ser quem sou hoje.

Existem pessoas das quais não gosto simplesmente porque não fui com a cara delas. Existem pessoas com as quais simpatizo antes mesmo de saber o nome. Já votei irresponsavelmente em eleições, já desejei não votar, já fui extremamente competente em tomar uma escolha social e já censurei pessoas sabendo da minha hipocrisia. Sou impregnado de preconceitos e superstições estúpidas, algumas das quais tenho certeza que são infundadas, mas das quais não me livrarei jamais.

Já lutei por mais tempo do que deveria em favor de pontos de vista que se provaram errados. Já desisti cedo demais de convicções que depois se provariam ser as corretas. Já desisti de sonhos porque tive um choque com a realidade. E já ignorei a realidade para correr atrás de um sonho.

Já tive paixões das quais não gosto nem mesmo de lembrar. Já amei e também já desacreditei da existência do amor. Não me engano porque sei que essas convicções mudam. Gosto de pensar que sou um ser humano razoável, mas sei que é impossível ser sempre assim. O que me consola depois de ser irracional, pois sei que esse também não é um estado permanente.

Tenho saudades de pessoas que já conheci, sinto falta de alguém ao meu lado ao menos uma vez ao dia. Não necessariamente sempre a mesma pessoa, mas às vezes bate uma solidão e eu desejo não estar sozinho.

Repito: Sou somente um cara. Mais um na multidão. Uma voz que se cala com medo de forças maiores, uns olhos que choram nos piores momentos, um coração que se aperta quando um ente querido parte.

Repito também: Não me engano pensando que sou especial. Mas essa necessidade pessoal de me manter ligado à realidade não deixa de ser triste. Saber que sou somente mais um na rua, que a sociedade não me vê e que mesmo se todas as atenções estivessem em meu rosto isso não mudaria… Não é esclarecedor. É terrível. É assustador. E, por mais que seja a verdade, não muda o restante.

Eu não vou mudar a sociedade, transformar as mentes, conquistar corações. Eu não vou ser alguém maior do que ninguém. E se não tomar cuidado vou ser tomado como alguém menor pelos outros.

Meu rosto é comum, meu corpo é comum. E eu sou feliz por isso também. Não preciso me perder em reflexões porque é bastante provável que nem mesmo elas alterem o que eu sou.

E nada disso vai me impedir de viver a vida. Talvez uma boa vida, por que não?

Porque eu não tenho muito, mas tenho uma vaga ideia sobre tudo. Eu acho que talvez, lá no fundo, todos sejamos comuns de propósito. Não porque queremos algo ruim. Mas porque sabemos que comum é bom. Talvez seja bom ser eu. Afinal, tenho sonhos dos quais ainda não desisti. Tenho ideias que ainda acredito que irão vingar. Tenho pelo que lutar e persistir. Porque eu sou assim. Sou teimoso. Sou insistente. Sou lutador. Sou humano.

Sou nariz, olhos, orelhas e boca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s