Rosa sem Espinhos – Almeida Garrett

Projeto Renascimento 02

Rosa sem Espinhos

Almeida Garrett

Para todos tens carinhos,
A ninguém mostras rigor!
Que rosa és tu sem espinhos?
Ai, que não te entendo, flor!

Se a borboleta vaidosa
A desdém te vai beijar,
O mais que lhe fazes, rosa,
É sorrir e é corar.

E quando a sonsa da abelha,
Tão modesta em seu zumbir,
Te diz: «Ó rosa vermelha, »
Bem me podes acudir:

» Deixa do cálix divino »
Uma gota só libar...
» Deixa, é néctar peregrino,
» Mel que eu não sei fabricar ...

 Tu de lástima rendida,
De maldita compaixão,
Tu à súplica atrevida
Sabes tu dizer que não?

Tanta lástima e carinhos,
Tanto dó, nenhum rigor!
És rosa e não tens espinhos!
Ai!, que não te entendo, flor.

Projeto Renascimento

Seleção por Lucas Alves Serjento


O Projeto Renascimento é uma iniciativa do site Enchendo Estantes – Uma tentativa de chamar a atenção das pessoas para autores clássicos e a beleza de obras que correm o risco de cair no esquecimento.

Como o objetivo do projeto é ser acessível, os textos aqui colocados serão de autores pertencentes ao domínio público, logo, suas obras podem ser encontradas no site www.dominiopublico.gov.br, para que não seja ferida a lei de direitos autorais.

Eventuais obras estrangeiras aqui expostas terão traduções feitas pela equipe do site, de modo a não incorrer em quebra de eventuais direitos de tradutores nacionais.

Não se esqueça de nos seguir no twitter (@enchendoestante) e de curtir a página do facebook (www.facebook.com/enchendoestantes/) para saber das novidades!

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.