Meu Vazio – Celso Naves Esault

Joguete (2)

Meu Vazio

Celso Naves Esault

Essa manhã acordei vazio. Os raios que entram pela janela cegam meus olhos e seu brilho parece lembrar a luz dos cabelos dela.

Recuso-me a ordenar que meu corpo se levante. O aroma dela, ainda preso à roupa de cama, vale mais que um atraso no trabalho. Não quero me levantar. Não quero viver. Não quero mais obedecer ao maldito tempo sem tê-la como apoio. Sem ter o sorriso vivo dela que, apesar de estar vivo na memória, sem o sopro da vida não vale metade da carga de ânimo que o outro me dava.

Suas roupas estão no armário, este com as portas abertas pelas minhas saudades noturnas. Cada peça uma memória. Cada lembrança um litro de lágrimas. E o gigante robusto e confiante cai de joelhos, implorando pela volta dela.

O coração dói e a cabeça parece querer explodir em minúsculas partículas. O travesseiro, umedecido à noite, volta a ficar molhado. Meus olhos ardem. A respiração falha e eu soluço.

Sem ela não sou nada. Ao lembrar das carícias à noite, dos passeios à tarde e até mesmo do mal humor pelas manhãs, acabo por ceder ao vazio da solidão.

A quero de volta. Peço sua presença ao meu lado. E as memórias continuam. Imploro que me abrace. Ou que a morte venha me buscar.

A silhueta dela aparece na minha mente. Lembranças me invadem. O choro silencia, apesar das lágrimas continuarem. Meus sonhos vêm novamente. A dor para um pouco. E o riso dela poderá ser meu mais uma vez. Ah… Como não queria acordar. Só pra ter esse vazio em meu peito preenchido pela sua imagem que habita apenas no inconsciente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s