Vai Escrever? Pense na Capa

Pense na Capa

Pensamento do dia:

Vai Escrever? Pense na Capa

Celso Naves Esault Jr.

 

A importância da capa para qualquer tipo de projeto – não apenas literário, mas qualquer projeto audiovisual – deveria ser óbvia, porém, infelizmente, não é. Muitas pessoas creem que o leitor – ou cliente, ou transeunte virtual – irá acreditar na qualidade do conteúdo independente da “apresentação do prato”.

Porém, tomar essa atitude seria exercitar em excesso a fé, uma vez que os trabalhos intelectuais, em sua maioria esmagadora, são obrigatoriamente apresentados em mídias digitais, ou seja, em ambientes onde a informação e a oferta de produtos para consumo é tão intensa que, habitualmente, é a primeira informação que guia o interesse do leitor.

Usemos por exemplo uma das interfaces mais presentes no dia-a-dia do cidadão comum: A timeline do facebook – infelizmente precisarei deixar esse artigo com informações que se tornarão datadas; Um blogueiro, youtuber, escritor ou artista de qualquer espécie não pode confiar que a atenção de uma pessoa será capturada pela exibição de um texto. Como escritor e leitor assíduo, admito que mesmo com minhas inclinações literárias, tenho a tendência de “passar direto” por uma postagem que confia unicamente em seu texto, buscando uma imagem ou um vídeo, onde o estímulo visual me indica melhor o conteúdo a ser explorado naquela postagem.

Algumas pessoas buscam alternativas para isso, tentando tornar seu texto atrativo nas primeiras palavras, ou destacando partes que possivelmente chamarão mais a atenção. É a mesma estratégia que jornais usaram por séculos (e ainda usam), buscando capturar o leitor com palavras que incentivam o engajamento. Leigos, porém, correm o risco de cair no clichê de gerar meros “clickbait’s” ou mesmo matérias sensacionalistas, afinal, a linha entre “atrair” e “enganar”, quando vista do ponto de vista literário, é muito tênue.

Isso não significa que a mídia escrita seja inferior. Muito pelo contrário. Mas o sacrifício necessário para poder usar a nuance das palavras é justamente a necessidade de engajamento prolongado. E, para conquistar o leitor, nada mais simples do que usar a ilustração de uma imagem de capa. Com tantas ferramentas gratuitas à disposição (como o Pixabay, que fornece imagens gratuitas para uso, ou o Canva, um site que fornece diversas ferramentas para elaboração de uma capa de aspecto profissional), não cabe mais alegar a inexistência de ferramentas ou dificuldade de elaboração de uma imagem para divulgação. Cabe, sim, o esforço e dedicação para alcançar o melhor resultado possível.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.