Décima – Frei Caneca

Se amor vive além da morte, Eterno o meu há de ser;

Anúncios